Compartilhe

Qui, 26/04Não-Me-Toque

noite nublada

Mín 18°

Máx 27°

Chuva 95%

noite nublada

Yahoo

Buscar no site
Av. Alto Jacuí, 840 - CEP 99470-000 - Fone: (54) 3332.2600 - E-mail: contato@naometoquers.com.br
Notícias
08.04.2018 - Saúde

Dia Mundial do Combate ao Câncer, conheça seu próprio corpo!

O Dia Mundial de Combate ao Câncer é comemorado anualmente em 8 de abril. A data serve para conscientizar a população mundial sobre os cuidados de prevenção da 2ª doença que mais mata pessoas em todo o mundo: o câncer.

Nas redes sociais, a data é lembrada por meio da hashtag #WorldCancerDay e o objetivo é conscientizar as pessoas sobre a importância de entender melhor a doença, e desta forma, manter os exames preventivos em dia e sempre se atentar a sinais que podem auxiliar no diagnóstico precoce do câncer.

As causas para o surgimento do câncer podem ser as mais variadas possíveis, desde motivos externos como o ambiente, costume ou hábitos que o indivíduo possui até fatores internos, como características geneticamente predeterminadas.

No Brasil, também é considerada a segunda doença que mais mata, em especial o câncer de pele. O principal objetivo do Dia Mundial do Combate ao Câncer é informar as pessoas sobre a importância de consultar sempre médicos e estar atento à saúde, para evitar o crescimento dessa doença. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), os tipos de câncer que mais atacam os brasileiros são: Câncer de pele; Câncer de próstata; Câncer de mama; Câncer de cólon e reto; Câncer de pulmão e Câncer de estômago

Sinais e Sintomas

Considerando que o câncer pode aparecer em diversas partes do corpo, é comum ouvir pessoas comentando sobre a dificuldade de diagnosticar a doença. Diante dessa realidade, o melhor a se fazer é conhecer o próprio corpo e, diante de sinais estranhos procurar um médico. Os sinais e sintomas vão variar conforme a localização da doença. De uma forma geral, alguns sintomas podem estar relacionados com o surgimento do câncer, mas não são específicos, ou seja, servem como um alerta para se procurar um médico.

Como exemplo, podemos citar o surgimento de caroço ou inchaço persistente em qualquer lugar do corpo, mudança recente de manchas na pele, tosse ou rouquidão persistente, mudanças no habito intestinal com mais de seis semanas de duração, qualquer sangramento anormal pela boca, na urina, nas evacuações ou pelos órgãos genitais, emagrecimento, fraqueza, perda de apetite e falta de ar persistente por mais de três semanas.

Quando confirmada a existência da doença, o paciente tem à disposição alguns tratamentos que podem variar de acordo com as condições clinicas de cada um. Em geral, o tratamento para o câncer envolve cirurgia, quimioterapia, imunoterapia e radioterapia. O tratamento depende do tipo específico de câncer, do momento em que é feito o diagnóstico e das características clinicas do paciente.

Fatores de risco e prevenção para câncer

Adotar hábitos saudáveis, evitando a exposição a fatores de risco, é a principal maneira de se prevenir contra o câncer e outras doenças, como cardiovasculares, respiratórias crônicas, renais e diabetes.

Conhecer os fatores que aumentam as chances de desenvolver essas doenças permite que as pessoas possam evitá-los, melhorando a qualidade de vida e reduzindo as chances de adoecer.

Os principais fatores de risco são tabagismo, alimentação não saudável e ingestão de bebidas alcoólicas. Radiação, infecções, exposição ocupacional a agentes cancerígenos e sedentarismo também estão relacionados ao câncer.

Conheça seu corpo e não tenha vergonha de procure a sua unidade básica de saúde para tirar suas dúvidas!

Voltar Imprimir Ir ao Topo
Buscar no site