Compartilhe

Dom, 20/05Não-Me-Toque

chuvas

Mín

Máx 11°

Chuva 95%

chuvas

Yahoo

Buscar no site
Av. Alto Jacuí, 840 - CEP 99470-000 - Fone: (54) 3332.2600 - E-mail: contato@naometoquers.com.br
Notícias
07.05.2018 - Administração e Planejamento

Não seja você uma vítima das fake News

A internet tem muitas vantagens: você consegue pesquisar sobre tudo, estar conectado com um monte de gente, além de facilitar muito na hora de trabalhar e estudar. Mas a gente tem que tomar cuidado com algumas coisas e uma delas são as notícias falsas, também conhecidas como “Fake News”.

As notícias falsas estão se espalhando rápido pelas redes sociais, mas não somente elas, boatos, imagens também circulam livremente pelas redes, causando constrangimentos e transtornos diversos.

Um exemplo imediato aconteceu com o Vice-Prefeito Pedro Paulo Falcão da Rosa. Na semana anterior à Prefeitura de Não-Me-Toque fez uma postagem alusiva ao IPVA para incentivar o emplacamento de veículos no Município, já que 50% do valor pago vai para os cofres públicos.

Porém, espalhou-se um boato de que o carro pertencente ao Vice-prefeito Pedro Paulo teria sido emplacado em Passo Fundo, o que não é verdade, causando constrangimento e fazendo com que o objetivo da postagem de incentivar o emplacamento de veículos no Município fosse esquecido.

Por isso, separamos algumas dicas para que você não caia em Fake News e boatos, olha só:

Fonte: a primeira coisa que você precisa ficar de olho é na fonte da notícia, ou seja, o site ou jornal que publicou essa informação. Quando o site é mais conhecido, as chances de ser uma notícia falsa são bem menores! Mesmo assim, olhe direitinho a página, veja se está tudo escrito certo, se as imagens não foram manipuladas e se aquele é o site original. Ah, e se a notícia veio do grupo de WhatsApp e não tem link, antes de acreditar, procure saber de onde ela veio, tá?

Leitura: nunca compartilhe uma notícia só pelo título ou pela foto, viu? Sempre leia tudo até o final, para ter certeza sobre o que o texto está dizendo.

Data: dê sempre uma olhadinha na data do texto. Alguns sites costumam publicar notícias antigas nas redes sociais, o que pode acabar confundindo quem está lendo.

Google: uma forma bem legal de saber se uma notícia é falsa ou não é fazendo uma pesquisa sobre ela no Google. Se for uma notícia falsa, você não vai encontrar nada ou muito pouco sobre o assunto. Já quando a notícia é verdadeira ela é veiculada pelos principais meios de comunicação!

Piadas: alguns sites de humor postam somente notícias falsas, mas o objetivo não é espalhar mentira, e sim fazer piada de alguma coisa que está acontecendo no mundo. Tome cuidado para não confundir as coisas.

Checagem de fatos: além de ficar atento aos detalhes, você também pode garantir que o que você está lendo é verdade através de meios comprovadamente confiáveis. Uma dica é o site Aos Fatos que trabalha com a IFN, uma rede internacional de checadores de fatos que é parceira do Google, ou a Lupa, a primeira agência de checagem de fatos do Brasil.

WhatsApp: Cuidado, não acredite em tudo o que você lê no WhatsApp! Alguns golpes que acontecem no Brasil usam o WhatsApp como ferramenta. Não clique em links suspeitos e desconfie de promoções, notícias ou até recomendações médicas compartilhadas pelo aplicativo.

Voltar Imprimir Ir ao Topo
Buscar no site