Compartilhe

Qua, 26/09Não-Me-Toque

Mín

Máx

Chuva

Yahoo

Buscar no site
Av. Alto Jacuí, 840 - CEP 99470-000 - Fone: (54) 3332.2600 - E-mail: contato@naometoquers.com.br
Notícias
24.05.2018 - Administração e Planejamento

Prefeitura paralisa frota em apoio a Greve dos Caminhoneiros

A Administração de Não-Me-Toque comunica apoio a greve dos caminhoneiros, paralisando nesta sexta-feira, dia 25 de maio, sua frota do parque de Máquinas e veículos leves.

O Prefeito Armando Roos anunciou o apoio por parte da Administração de Não-Me-Toque a greve dos caminhoneiros paralisando a frota do parque de Máquinas conforme Decreto 115/18 de 24 de Maio de 2018.  De acordo com o Prefeito Armando, todos os serviços “que não forem essenciais e que utilizam combustível” estarão suspensos, por precaução, como é o caso das máquinas pesadas e caminhões.

O atendimento nas repartições públicas municipais assim como creches e postos de saúde será mantido a população. O transporte escolar será mantido para não prejudicar os alunos e viagens da Secretaria de Saúde pré-agendadas serão mantidas utilizando veículos movidos a diesel, combustível que o Município possui em estoque.

As prefeituras gaúchas devem paralisar, todos os equipamentos e serviços que utilizam combustíveis, exceto na área da saúde. A decisão foi tomada com base em pesquisa realizada pela Famurs junto aos prefeitos. Dos 497 municípios, 373 anunciaram que devem aderir à paralisação. A orientação da Famurs é que os municípios façam uma paralisação por um dia considerando os preços abusivos praticados, o corte do repasse da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide-combustíveis) aos municípios e em apoio aos caminhoneiros, que estão de greve há três dias. Segundo o presidente da Famurs e prefeito de Rio dos Índios, Salmo Dias de Oliveira, a paralisação tem origem na manifestação dos prefeitos.

Este movimento não é somente de uma classe, mas sim de toda uma nação. Com o aumento dos combustíveis, os serviços das prefeituras irão encarecer e os municípios não têm como arcar com esse custo. O combustível é o insumo mais utilizado nos municípios”, comenta o Prefeito.

Voltar Imprimir Ir ao Topo
Buscar no site