Compartilhe

Sáb, 23/02Não-Me-Toque

Ensolarado com muitas nuvens

Mín 20°

Máx 30°

Chuva 54%

Ensolarado

Yahoo

Buscar no site
Av. Alto Jacuí, 840 - CEP 99470-000 - Fone: (54) 3332.2600 - E-mail: contato@naometoquers.com.br
Acompanhamento de Ações e Obras
21.01.2019 - Acompanhamento de Ações e Obras

Prefeitura licita construção da ponte de Posse São Miguel

A reconstrução da ponte localizada em Posse São Miguel, estrada que liga Não-Me-Toque ao município de Colorado, deve iniciar em breve.

O prefeito Pedro Paulo da Rosa conseguiu recurso da Defesa Civil da União, após intensa gestão. A licitação publicada na edição de 11 de janeiro, do jornal A Folha, estabelece apresentação de propostas por empesas interessadas em realizar a obra orçada em R$ 309 mil, no dia 29 de janeiro.

– Conseguimos o recursos do Ministério da Integração Nacional, depois de apresentarmos toda a documentação na Defesa Civil em Porto Alegre e no mês de novembro, em Brasília. Será construída uma ponte nova, de concreto armando, com 7 metros de largura e 12,5 metros de comprimento, uma ponte para atender a real demanda do tráfego de caminhões de carga e máquinas – informou o prefeito de Não-Me-Toque.

A ponte de Posse São Miguel, conhecida popularmente como “ponte torta”, encontra-se interrompida desde o mês de setembro, devido a danos causados pelo grande volume de chuvas. A estrutura passava por reformas e receberia reforços, porém, quando o trabalho foi iniciado pela empresa Ledur Engenharia e Construções, vencedora do processo licitatório, uma nova enxurrada aconteceu e uma das cabeceiras desmoronou ficando impossível a recuperação da ponte com os recursos aportados.

Desde então, a equipe da Administração Municipal buscou na Defesa Civil – Ministério da Integração Nacional, recursos para reconstrução da estrutura em concreto armado (estrutura que utiliza armações feitas com barras de aço). Além do envio de toda documentação e informações complementares, o prefeito Pedro Paulo e a equipe da Defesa Civil local participaram de reuniões no escritório do órgão em Porto Alegre e também em Brasília, a fim de agilizar a os trâmites para a destinação deste recurso.

No dia 29 de novembro o processo recebeu parecer positivo e o Ministério da Integração Nacional e Defesa Civil, que autorizou, no início deste ano, a abertura de licitação para a obra completa. O recursos será liberado assim que o processo de licitação estiver concluído, no valor proposto pela empresa vencedora.

Desde setembro de 2018, quem precisa trafegar nesta região do município precisa usar caminhos alternativos.

Texto: Helaine Gnoatto Zart | A Folha

Fotos: Assessoria de Comunicação Prefeitura

Voltar Imprimir Ir ao Topo
Buscar no site