Compartilhe

Qua, 19/06Não-Me-Toque

Alguns chuviscos

Mín

Máx 17°

Chuva 95%

Alguns chuviscos

Yahoo

Buscar no site
Av. Alto Jacuí, 840 - CEP 99470-000 - Fone: (54) 3332.2600 - E-mail: contato@naometoquers.com.br
Notícias
28.01.2019 - Saúde

Vigilância Sanitária notifica sobre qualidade da água

Vigilância Sanitária notifica sobre qualidade da água

A Vigilância Sanitária Municipal iniciará o trabalho de notificação das comunidades do interior, acerca da necessidade de tratamento da água proveniente de poços de abastecimento.

A medida segue a determinação do Conselho Municipal de Saúde, tomada em 2018 através de Resolução que determina a obrigatoriedade de tratamento da água para consumo humano em soluções alternativas de fornecimento(poços). A deliberação foi motivada pelos resultados das amostras realizadas pela vigilância sanitária, constatando a contaminação por coliformes e bactérias na quase totalidade das amostras dos últimos dois anos, revelando uma grande contaminação dos manancias de abastecimento.

Durante o eno de 2018, a Secretaria de Saúde trabalhou no levantamento de todos os poços e na coleta de informações sobre as famílias abastecidas, os responsáveis em cada comunidade e também sobre os processos de outorga respectivos, em parceria com a Secretaria de Agricultura.

Agora, as comunidades que detêm a responsabilidade pelos poços serão notificadas e terão prazo para implantar sistemas de tratamento da água.

O Secretário de Saúde Marco Costa comenta que o controle da qualidade da água para consumo humano é uma atribuição e obrigação da vigilância sanitária municipal e que no processo que está sendo desenvolvido, o Conselho de Saúde na sua atribuição de órgão de controle, realizou inclusive consulta ao Ministério Público para orientação sobre a medida. Salienta ainda que muitas pessoas do interior estão tomando água contaminada que pode ser fator gerador de doenças, com a falsa impressão de que por se tratar de poços profundos estão livres da contaminação.

Todas as comunidades terão prazo para adequação e poderão tirar todas as dúvidas pertinentes junto a Vigilância Sanitária Municipal.

Voltar Imprimir Ir ao Topo
Buscar no site